Delta desenvolve hospitais móveis para militares americanos

A Delta TechOps e a Delta Flight Products entregarão até
76 estruturas de rápida implantação para ajudar as tropas
militares infectadas pela COVID-19

Elaine Dotto - Miami, FL

28/04/2020

| Atualizado em

28/04/2020

387

Delta desenvolve hospitais móveis para militares americanos

Miami, FL - As Forças Armadas norte-americanas em breve usarão pods médicos (uma espécie de cápsula) fabricados pelas divisões da Delta para trazer para casa, com segurança, membros da corporação que contraíram COVID-19 ou foram expostos a outros agentes infecciosos.

A equipe de Operações Técnicas (TechOps) da Delta, assim como a de sua subsidiária integral Delta Flight Products, combinaram recursos avançados de fabricação para começar a converter dezenas de contêineres de uso único, que medem 12 metros, em cápsulas de atendimento hospitalar rapidamente implantáveis ​​e reutilizáveis, projetadas para serem acopladas a aeronaves de transporte militar. O programa está sendo executado em parceria com a Força Aérea dos Estados Unidos, UTS Systems e Highland Engineering.

"Estamos orgulhosos de fazer parte de um projeto que ajudará diretamente a salvar a vida daqueles que lutam por nós todos os dias", disse Don Mitacek, Vice-Presidente Sênior de Operações Técnicas da Delta. "O contrato requer uma equipe altamente qualificada, com flexibilidade para entregar as estruturas solicitadas dentro de um cronograma apertado, e a Delta é especialmente qualificada para fazer isso".

A iniciativa reúne engenheiros, maquinistas e a equipe técnica da TechOps e da Delta Flight Products para equipar os pods com os recursos necessários para proteger os ocupantes. As cápsulas são dotadas de compartimentos de pressão negativa com filtragem HEPA para ajudar a evitar a propagação de patógenos, além de uma divisão que abriga o número apropriado de assentos e macas militares específicas. As cápsulas acomodam até 32 assentos que podem ser substituídos por macas com base nas necessidades de saúde dos militares.

Os parceiros entregaram um protótipo inicial às Forças Armadas norte-americanas na semana passada. Após a revisão, a equipe espera entregar 25 unidades nos próximos meses, com a oportunidade de fornecer 50 estruturas adicionais. O grupo de contratados e engenheiros se movimentou rapidamente para obter os materiais necessários, desenvolver um plano para o projeto e mobilizar equipes para cumprir o cronograma apertado.

“Em nossas muitas equipes, o pessoal da Delta sabe como mudar rapidamente o foco para aplicar habilidades de modo a atender às necessidades de nossos parceiros ou comunidades. Toda a família Delta se sente honrada e orgulhosa de seus esforços”, disse Mike Moore, Vice-Presidente Sênior das áreas de Operações de Manutenção e de Serviços de Manutenção, Reparo e Revisão (MRO, na sigla em inglês) da Delta.

Este projeto é o mais recente trabalho da Delta para apoiar as Forças Armadas. Desde 2019, mais de 13 mil funcionários da companhia estão servindo ou serviram a corporação. Na Delta Flight Products e na TechOps, vários funcionários veteranos estão ajudando com o projeto em andamento.

“Eu servi no exército. Meu avô, também. Então, significa muito para mim usar minhas habilidades para ajudar as pessoas nas Forças Armadas que estão doentes”, disse Sean Gregory, Técnico de Equipamentos da Loja, do departamento de Operações Técnicas. "Significa muito ver todo mundo se unir em um projeto que ajudará tantos."