ANAC INVESTIGA AVIÃO USADO POR CARLOS AMASTHA NO TO

Agência que saber sobre eventuais infrações cometidas pelo proprietário e pilotos da aeronave

24/08/2022

| Atualizado em

24/08/2022

120

ANAC INVESTIGA AVIÃO USADO POR CARLOS AMASTHA NO TO

 

Palmas, TO - A Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) afirmou em nota que vai investigar a utilização aeronave Cessna 310R com matrícula PT-GMB da empresa Zap Telecomunicações.

“A respeito dos fatos indicados, informamos que a Agência está apurando o caso no intuito de coibir eventuais infrações às normas de aviação civil que possam ter sido cometidas pelo proprietário/operador e pelo piloto em curso.” afirma a ANAC.

Em outro trecho a agência diz que a aeronave não está homologada para serviço de táxi aéreo. “De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), a aeronave de matrícula PT-GMB possui autorização para prestar serviço aéreo privado.”

O comunicado foi enviado nesta quarta-feira (24) após a reportagem do Canal24h Brasil denunciar possíveis irregularidades sobre o uso do avião de propriedade de uma empresa de internet.

 

REINCIDÊNCIAS DE TÁXI-AÉREO CLANDESTINO

O ex-prefeito Carlos Amastha tem um histórico de uso indevido de aeronaves em eleições anteriores incluindo pouso em pista clandestina não homologada. Os voos irregulares aconteceram em 2017 e 2018 que foram repercutidas pela imprensa na época. A ANAC - Agência Nacional da Aviação Civil interditou um dos aviões após a denúncia do portal Canal24h Brasil feita pelo jornalista Fernando Hessel.
Em 2018, o candidato Carlos Amastha era pré-candidato ao governo do Tocantins e utilizava um avião KingAir 90 e pousou em Xambioá-TO numa pista clandestina, conforme noticiado.

 

O VOO 

As imagens divulgadas pelo Instagram revelam Carlos Amastha candidato ao senado federal e presidente do PSB-TO utilizando aeroporto da região norte para realizar campanha eleitoral ao senado. As publicações foram realizadas entre os dias 19 e 20 de agosto nos perfil do próprio candidato e parte da equipe de produção. Num dos "stories" o candidato marca o trecho de Araguatins e Araguaína que ficam no Tocantins. As imagens foram deletadas minutos antes desta reportagem.

O avião Cessna 310R prefixo PT-GMB é de fabricação americana (ano 1974) e está registrado em nome da Zap Telecomunicações LTDA; empresa sediada em Palmas, TO. Segundo a Receita Federal a dona do avião tem um capital social de R$ 500 mil reais e oferece serviços de internet na capital tocantinense. O uso indevido de aeronaves privadas pode acarretar em penalidades severas como a suspensão do certificado de aeronavegabilidade e habilitação dos pilotos que operam o avião, segundo a agência que regula a aviação civil no Brasil, a ANAC.

 

RESPOSTA DO CANDIDATO CARLOS AMASTHA

Nota

Sobre reportagem veiculada no site de notícias Canal 24H o candidato a senador Carlos Amastha (PSB) esclarece que:
- O candidato tem feito sua campanha de carro, percorrendo vários municípios tocantinenses;
- Exclusivamente em um deslocamento para a região do Bico do Papagaio o candidato aceitou uma carona em um avião da empresa ZAP que estava realizando serviços da empresa na região. O que não configura nenhuma ilegalidade.
- O candidato informa ainda que quando necessário estará efetuando locação de aeronave para utilização em sua campanha eleitoral seguindo todas as leis e exigências eleitorais.

Ascom/Amastha